sexta-feira, 23 de setembro de 2011

TEMPO DESAMADO




Tempo desamado

de tiro e de pasmo

de bala perdida

de vida perdida.


sonhar é um luxo

viver é um luxo


A esperança, coitadinha,

brota no algodão molhado,

feito broto de feijão.





4 comentários:

manuel marques disse...

"O tempo, tudo o consome e apenas o amor o aproveita."

Beijo e bom fim de semana.

Clemilde disse...

Olá Dalva!
Vim agradecer sua visita e aproveitei pra ler várias poesias suas.
Luito lindas.
Bom final de semana.

Beijos

Evanir disse...

Cada vez que a minha fé é provada Tu me dás a chance De crescer um pouco mais
As montanhas e vales, desertos e mares Que atravesso me levam para perto de Ti.
Minhas provações Não são maiores do que o meu Deus
E não vão me impedir de caminhar
Se diante de mim, não se abrir o mar
Deus vai me fazer andar por sobre as águas.

Rompendo em fé.
Minha vida se revestirá do Teu poder
Rompendo em fé
Com ousadia vou mover no sobrenatural
Vou lutar e vencer, vou plantar e colher
A cada dia vou viver rompendo em fé.
ROMPENDO EM FÉ
Ana & Edson Feitosa
Minha mensagem de feliz final de semana.
È assim que vou seguir rompendo em fé.
Agraditando sempre que com
Deus tudo é possivel.
Meu carinhoso beijo.
Abençoado final de semana.
E não esqueça amo você.
Evanir
Dalva amei seu blog já estou seguindo você.

Lívia Inácio disse...


e o que seria de nós sem ela? =)